Quarta-feira, 25 de Fevereiro de 2009

...

MENSAGEM QUARESMAL

do

BISPO DO ALGARVE

 

 

Jejum solidário

Meus caros diocesanos

A Quaresma constitui, anualmente, para toda a Igreja um “tempo favorável”, um tempo de graça e de dom, uma oportunidade para nos abrirmos sempre mais à novidade de vida, que a celebração pascal de Cristo ressuscitado vem renovar em cada baptizado. Tempo, por isso mesmo, para “acertarmos o passo e a vida” com Cristo, cuja consequência primeira é a revitalização da fidelidade no amor, que empenha e compromete.

O Apóstolo Paulo guia-nos, este ano, neste percurso, quer pela leitura orante das suas cartas, quer pelo testemunho da sua conversão e do dom total que fez da sua vida a Cristo e ao anúncio do Evangelho. A peregrinação que, como Igreja diocesana, continuamos a fazer, com Maria, ao encontro de Cristo, ampara-nos e guia-nos na escuta e na resposta aos apelos de Deus.

Correspondendo ao convite que Bento XVI lançou a toda a Igreja, na sua mensagem quaresmal, exorto-vos a que valorizeis pessoal e comunitariamente este tempo, intensificando a oração, como resposta à leitura diária da Palavra de Deus, se possível em família, praticando o verdadeiro jejum para que, despertos pela situação em que vivem tantos irmãos nossos, nos leve a cultivar e a assumir o mesmo gesto solidário do Bom Samaritano que se inclinou e socorreu o desconhecido caído à beira do caminho. A prática do jejum, como refere Bento XVI na sua Mensagem, “pode ajudar-nos a mortificar o nosso egoísmo e a abrir o coração ao amor de Deus e do próximo, primeiro e máximo mandamento da nova Lei e compêndio de todo o Evangelho”.

Não deixemos que a insegurança e a instabilidade motivadas pela situação que presentemente vivemos, já com profundos reflexos em tantas famílias, nos tornem insensíveis a uma partilha solidária, fruto do nosso jejum quaresmal.

No ano passado, o resultado da nossa renuncia quaresmal, no valor de 26.676,04 €, descontados 5% para o Fundo de Solidariedade da CEP, destinou-se a apoiar a Paróquia de Nossa Senhora do Rosário de Fátima, da nova Diocese de Viana, Angola, quer na construção de alguns espaços de culto, quer na formação de leigos ao serviço da evangelização.

Este ano, tendo em conta a alternância que temos vindo a assumir nos destinatários da renúncia quaresmal, por indicação do Conselho Presbiteral, a soma recolhida destinar-se-á a responder às primeiras necessidades dos atingidos pela presente situação social. Uma comissão diocesana encarregar-se-á de coordenar a sua distribuição, através dos nossos organismos sócio-caritativos.

Que este jejum solidário, unido a outras formas de conversão quaresmal, possa constituir para todos o caminho mais eficaz de encontro com Cristo ressuscitado.

+ Manuel Quintas, Bispo do Algarve

Quarta-feira de Cinzas, 25.02.2009

 

publicado por acolitosalbufeira às 21:45
partilhar

.Blog oficial

.pesquisar

 

.Outubro 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
15
16
17
18

19
20
21
22
23
24
25

26
27
28
29
30
31


.arquivos

. Outubro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Março 2011

. Dezembro 2010

. Outubro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

.links

.subscrever feeds