Segunda-feira, 16 de Agosto de 2010

Na solenidade da Assunção de Maria

SENHORA DA ORADA

VENERADA PELO POVO DE ALBUFEIRA

 

 

As festividades em honra de Nossa Senhora da Orada constituíram, mais uma vez, profunda e pública manifestação de fé cristã e filial devoção do povo de Albufeira à Mãe de Cristo.

O ponto alto das celebrações foi a procissão pelo mar, com o andor de Nossa Senhora e os outros símbolos da Igreja Católica transportados em barcos de pescadores, acompanhados de milhares de fiéis em embarcações e ao longo da cidade, em esplanadas, varandas e arribas - em tudo o que era lugar.

 

50 ANOS DE SACERDÓCIO

DO NOSSO PADRE ROSA

Durante a solene eucaristia que antecedeu o cortejo, calebrada na ermida de Nª. Sª. da Orada, repleta de fiéis, que se estenderam pelo adro e alas adjacentes, foi festivamente assinalada a comemoração das bodas de ouro sacerdotais do nosso pároco, ordenado presbítero na Sé-Catedral de Faro a 14 de Agosto de 1960.

Participou na cerimónia Sua Excelência o Presidente da República, Professor Doutor Cavaco Silva, que, em gozo de férias na sua casa de Albufeira, fez questão de se associar à efeméride, fazendo-se acompanhar da esposa, Drª. Maria Cavaco Silva.

Presentes, também, os presidentes da Câmara e da Assembleia Municipal de Albufeira e esposas e o presidente da Junta de freguesia local.

Em momento próprio, usaram da palavra o presidente da nossa Associação de Acólitos Beato Vicente de Albufeira, Raul Coelho, o padre e professor universitário dr. António Martins e o cónego Gilberto, ambos do presbitério da Diocese do Algarve.

Ao homenageado foi entregue pelo padre e também professor universitário dr. Abel, da Diocese de Vila Real e que anualmente passa férias em Albufeira, prestando colaboração pastoral à nossa Paróquia, uma bênção papal emitida por mandato expresso de Sua Santidade o Papa Bento XVI.

Para além de grande número de membros da nossa comunidade, participaram na cerimónia familiares do P. Rosa vindos expressamente para o efeito.

No final, visivelmente emocionado e, por isso, impedido de proceder à leitura, o nosso querido prior pediu ao padre António de Freitas (o nosso Toni) que proclamasse a Oração que trazia preparada para a ocasião e que a seguir transcrevemos na íntegra:

 

a

ORAÇÃO DE ACÇÃO DE GRAÇAS

Santíssima Trindade, Pai, Filho e Espírito Santo,  origem de todos os dons, mistério de amor e de santidade,  fonte da beleza e de toda a graça, família divina que nos acolhe como filhos adoptivos, e nos concede a plenitude da verdadeira humanidade;

Diante do altar de Nossa Senhora da Orada, Vossa Mãe, Filha e Esposa,  na companhia destes irmãos e amigos ;  e amparado pelo seu carinho maternal, ouso dirigir-me a Vós, Deus e Senhor,  agradecido pelos inumeráveis dons que me tendes concedido ao longo dos cinquenta anos de sacerdócio, que hoje se completam.

 Foi  na Sé Catedral de Faro, a esta hora, no dia 14 de Agosto de 1960, que tive a profunda alegria de receber  a graça da Ordenação Sacerdotal das mãos do Bispo do Algarve, D. Francisco Rendeiro. Nesse dia me consagrei totalmente ao Vosso serviço, para o bem espiritual do vosso Povo.

Não tenho palavras que possam justamente enaltecer a magnanimidade do vosso amor e da vossa misericórdia . Ao longo destes cinquenta anos,  sempre contei, Senhor,  com o vosso  apoio e a vossa graça, apesar  da minha insignificância e dos meus inumeráveis pecados e fragilidades.  Mistério insondável do vosso Amor… Assim o tendes feito também a tantos outros, ao longo da história. Não esqueço, Senhor, a Palavra que  dissestes a Paulo “ basta-te a minha graça”. Confio em Vós, meu Deus.  Obrigado, Senhor.

 Agradeço-Vos também, Trindade Santíssima,  todo o bem e todas as graças que derramaste por meu intermédio  sobre aqueles e aquelas que se cruzaram comigo nos caminhos da minha vida de sacerdote. 

Agradeço de modo muito particular a poderosa intercessão de vossa Mãe e nossa querida padroeira, Nossa Senhora da Orada,  que o povo de Albufeira venera há mais de cinco séculos . Por sua intercessão tendes derramado as vossas bênçãos sobre os nossos pescadores e suas famílias,  os homens e mulheres do campo,  os emigrantes,  os doentes e necessitados, e particularmente  as crianças,  jovens e casais.

Agradeço, Trindade Santíssima, a família que foi o meu berço primeiro.  Gente simples e honesta. Honrada e trabalhadora.  Com cinco filhos. Lutando pelo pão, na terra e no mar.  Onde nunca faltou o indispensável para  se viver dignamente.

Recordo e agradeço o apoio do pároco que me baptizou e meu deu Jesus na Comunhão . Também a minha primeira e única catequista, mãe dos pobres da minha terra, apóstola da oração e da palavra, exemplo que encheu a minha vida de criança e de jovem. E me amparou no caminho para o sacerdócio.

Como não agradecer igualmente os professores e superiores dos três seminários onde estudei, em Faro, em Almada e nos Olivais?  E todos aqueles sacerdotes e leigos que durante estes cinquenta anos colaboraram comigo em Lagos, em Faro e particularmente em Albufeira, há quase 42 anos?

Quanto lhes devo… Quanto lhes devem as comunidades que tenho servido… Senhor Deus, agradeço-vos de todo o coração terdes posto no meu caminho tantas pessoas generosas e amigas, que sabem acolher,  escutar e colaborar, porque o padre, para ser fiel à sua missão precisa de Vós,  Senhor,  mas também do apoio, estímulo e carinho da sua comunidade, porque é um ser humano, sensível e frágil.

Agradeço-vos , Senhor Deus, em união com Maria, a Senhora do Magnificat, a amizade e colaboração sacerdotal dos meus irmãos no sacerdócio, particularmente aqueles que cuidaram comigo da formação sacerdotal dos jovens no seminário em Faro. Os que me ajudaram nas  lides pastorais em Albufeira. E aqueles sacerdotes que, no Verão, há vários anos, colaboram na pastoral do turismo.

Recordo, Senhor Jesus Cristo,  cabeça invisível do Corpo Místico que é a  Igreja, o Bispo D. Marcelino que me recebeu no Seminário de Faro . Era eu uma criança. E o Bispo que me nomeou pároco de Albufeira, D. Júlio Rebimbas.  Tal como recordo com saudade o Bispo D. Ernesto que  iluminou a Vossa Igreja do Algarve com a sua bondade e santidade. E também o bispo emérito do Algarve, D. Manuel Dias, pastoralista de renome e grande mestre da Tua Palavra.

Agradeço-vos, Trindade Santíssima, a valiosa colaboração dos familiares e amigos que me têm acompanhado e servido na casa paroquial. E também o inestimável serviço eclesial de quantos servem o vosso altar, na liturgia, no canto, no acolhimento que se faz nas igrejas e no seu embelezamento, na catequese infantil, no escutismo, nos serviços de cartório, nas várias associações e movimentos da paróquia, no apoio aos pobres e doentes, nas equipas de preparação de jovens e adultos para os sacramentos , e na divulgação das actividades paroquiais.

Agradeço-vos ,Senhor, a cooperação amiga das nossas autoridades locais, naquelas  actividades que a paróquia promove e que visam o bem comum deste povo que todos servimos.

Peço-vos,  Senhor,  e a  vós, meus irmãos, a vossa compreensão e a vossa benevolência para os meus pecados e debilidades,  que me têm impedido de ser o pastor que todos desejais.

Peço-vos também a vossa oração e a vossa ajuda fraterna, queridos paroquianos e amigos, para que eu seja um sacerdote segundo o Coração de Jesus, em todos os dias da minha vida.

AMEN.

publicado por acolitosalbufeira às 22:59
partilhar

.Blog oficial

.pesquisar

 

.Outubro 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
15
16
17
18

19
20
21
22
23
24
25

26
27
28
29
30
31


.arquivos

. Outubro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Março 2011

. Dezembro 2010

. Outubro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

.links

.subscrever feeds